Posts Tagged ‘ broadway ’

Musicais Brasileiros se tornam autossuficientes – Diário de SP Online


banner homem de la mancha 2

O “Diário de SP Online”, lançou hoje uma matéria que fala do crescimento e da já autossuficiência dos musicais aqui no Brasil. Eles chegam até comparar São Paulo, com a Broadway, onde até o mês de setembro, podiam se prestigiar 2 espetáculos em cartaz, contra 7 espetáculos em São Paulo. “O Homem De La Mancha”, claro, é citado e leva destaque pela sua grande produção, e parceria com o SESI SP/Senai, onde você tem a chance de prestigiar um grande espetáculo (que não perde para a Broadway), e com entrada franca! Confira abaixo a matéria na íntegra!

Desde 2012, os musicais brasileiros crescem em números de espetáculos. Até o mês de setembro, havia sete produções nacionais em cartaz em São Paulo, enquanto as da Broadway somavam apenas duas. Um dos fatores que têm elevado a produção brasileira é a qualidade dos profissionais envolvidos nos projetos.

Esta “onda” de musicais que está invadindo (num bom sentido) os teatros paulistas começou com produções em homenagens a artistas como Tim Maia, Chico Buarque, Rita Lee, Cássia Eller e Cazuza. Porém, agora os produtores arriscam mais e investem em projetos como “Se eu Fosse Você – O Musical”, “As Damas de Paus” e “O Homem de La Mancha”.

Para a jornalista de cultura da rádio Jovem Pan, Cris Santos, os musicais do Brasil tiveram influência da Broadway, mas agora são autossuficientes.

“O Brasil está se preparando para reproduzir os musicais da Broadway, mas já está se superando. Alguns espectadores dizem que o ‘Rei Leão’ daqui está melhor do que o original. Tem muita gente que vem de fora de São Paulo para assistir. Então vem caravanas, eles fecham pacotes e todos ficam encantados!”

A produtora cultural Gheu Tibério concorda com a jornalista e conta que o público percebeu essa qualidade nas produções brasileiras e hoje ele tem uma expectativa maior em relação aos espetáculos.

“O público vai ao teatro e já espera boa qualidade cênica, cenográfica, técnica e vocal. O mercado e o público estão mais exigentes. O público vai ao teatro e já espera boa qualidade cênica, cenográfica, técnica e vocal. É uma maneira de mostrar o desenvolvimento do nosso povo”, principalmente quando se contam histórias de artistas nacionais. Além disso, permite que “as novas gerações conheçam um pouco mais da recente história brasileira e os mais vividos relembrarem. Homenagear grandes nomes nacionais é uma forma de registrar uma época, um período importante da sociedade, da economia, do desenvolvimento do rádio, da Tv, da moda, dos costumes.”.

o homem de la mancha sesi sp (1)2

Cena do musical “O Homem de La Mancha” | Foto por: João Caldas

O produtor musical Vinicius Munhoz, relata:

“O mercado de teatro musical é muito refinado e precisa de qualidades especificas, tanto para técnicos como atores e produtores. É uma questão de aprendizado que, sem duvida, está sendo incorporado em nossos profissionais. Todos ficam encantados! Os musicais são importantíssimos na cultura brasileira, afinal de contas eles são os responsáveis por reaquecer um mercado que estava no esquecimento da população. Agora não só mega produções musicais são feitas no país, como os textos teatrais voltam a tomar espaço nos teatros. O gênero coloca nosso país como terceiro maior produtor de Teatro Musical do mundo, perdendo somente para Londres e Estados Unidos e trazendo mais investimento, turismo e, indiretamente, criando movimentações em outros mercados.”

“Teatro musical é caro, caríssimo!”

Apesar de haver patrocinadores que investem nestes musicais, a maioria das peças ainda tem um valor alto. A jornalista explica que é preciso entender os dois lados: “é muito caro, mas, ao mesmo tempo, fica inviável fazer mais barato que isso”.

Já há investidores que patrocinam as produções, como a Fiesp. “Existem projetos financiados pelo Skaf, presidente do Sesi e da Fiesp. Então é muito bacana e não perde para a Broadway”, afirmou Cris Santos, que citou O Homem de La Mancha como um espetáculo acessível e bem produzido.

“Acho que se os órgãos públicos se envolvessem na causa cultural, certamente o público teria um melhor acesso. Políticas de patrocínio, editais, projetos de formação de plateia são fundamentais para fomentar o mercado cultural”, explica Gheu.

“Teatro musical é caro, caríssimo! As produções, mesmo quando tem preços mais baixos ou até mesmo entrada gratuita, como é o caso do Homem de La Mancha em São Paulo, tem orçamentos gigantescos, mas nem por isso os musicais devem ser dedicados somente às classes A e B”, conta Munhoz.

Ele, que faz parte da produção de O Homem de La Mancha, afirma que há iniciativas como o Vale-Cultura e a Lei Rouanet, lei de incentivo à cultura no Brasil, que descentralizam o acesso a este tipo de produções culturais. “Ações como as que são feitas hoje com o Atelier de Cultura e SESI-SP colaboram, e muito, para acesso geral a toda população”, assegura.

wpid-foto-joao-caldas-f-c2a6_42115a-2-jpg22

Cena do musical “O Homem de La Mancha” | Foto por: João Caldas

A produtora cultural Gheu Tibério explica que os musicais existem no Brasil desde a época de Dom Pedro I, no final do século XIX. A ascensão, entretanto, se deu durante a Segunda Guerra Mundial, já que cassinos “promoviam shows de grande porte, que foram substituídos por pequenos espetáculos musicais, muitos destacando nosso folclore e seus personagens”.

A melhora na renda da população fez com que o acesso a cultura crescesse, segundo a produtora. Além disso, as viagens ficaram mais acessíveis e o público pôde conhecer os espetáculos estrangeiros. “Certamente as produções internacionais, não somente americanas, mas também as londrinas, influenciaram muito os musicais brasileiros”, garante.

SERVIÇOS

“O Homem de La Mancha”

Local: Teatro do SESI

Endereço: Avenida Paulista, 1313

Dias e horários: Quartas, Quintas e Sextas às 21h – Sábados às 17h e às 21h – Domingos às 19h

Preço: Entrada franca. Os ingressos devem ser reservados pelo site. São distribuídos 50 ingressos remanescentes por sessão, no dia do espetáculo, a partir do horário de abertura da bilheteria.

“Cássia Eller – O Musical”

Local: Centro Cultural Banco do Brasil

Endereço: Rua Alvares Penteado, 112 – Centro

Dias e horários: Quintas, Sextas e Sábados às 20h – Domingos às 19h – Segundas às 20h

Preços: Os ingressos custam de R$ 5 (meia entrada) a R$ 10 (inteira) e podem ser comprados pelo site (ingressos esgotados).

“As Damas de Paus”

Local: Teatro Fernando Torres

Endereço: Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Vila Gomes Cardim

Dias e horários: Sextas às 21h30 – Sábados às 21h – Domingos às 19h

Preços: Os ingressos custam R$ 50 (Sextas e Domingos) e R$ 60 (Sábados) e podem ser comprados pelo site.

“Mônica Mundi”

Local: Theatro Net SP

Endereço: Rua Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia

Dias e horários: Sábados e Domingos às 16h

Preços: Os ingressos variam de R$ 50 a R$ 100 e podem ser comprados pelo site.

“Se eu Fosse Você – O Musical”

Local: Teatro Cetip

Endereço: Rua dos Coropés, 88 – Pinheiros

Dias e horários: Quintas e Sextas às 21h – Sábados às 17h e 21h – Domingos às 17h

Preços: Os ingressos variam de R$ 50 a R$ 150 e podem ser comprados pelo site.

“Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”

Local: Teatro Procópio Ferreira

Endereço: Rua Augusta, 2823 – Cerqueira Cesar

Dias e horários: Quintas e Sextas às 21h – Sábados às 17h30 e 21h30 – Domingos às 17h30

Preços: Os ingressos variam de R$ 50 a R$ 180 e podem ser comprados pelo site.

“O Rei Leão”

Local: Teatro Renault

Endereço: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista

Dias e horários: Quartas, Quintas e Sextas às 21h – Sábados às 16h30 e 21h – Domingos às 14h e 18h30

Preços: Os ingressos variam de R$ 50 e R$ 280 e podem ser comprado pelo site.

“Rita Lee Mora ao Lado”

Local: Teatro das Artes

Endereço: Avenida Rebouças, 3970 – Shopping Eldorado – Pinheiros

Dias e horários: Sextas às 21h30 – Sábados às 21h – Domingos às 19h

Preços: Os ingressos variam de R$ 60 a R$ 100 e podem ser comprados pelo site.

“Mania de Explicação”

Local: Teatro Shopping Frei Caneca

Endereço: Rua Frei Caneca, 7º andar (Shopping Frei Caneca), 569 – Consolação

Dias e horários: Sábados e Domingos às 16h

Preços: Os ingressos custam R$ 70 e podem ser comprados pelo site.

Matéria por: Letícia Emori
Diário SP Online
07/11/2014

Anúncios

Cleto Baccic no Castelo de CARAS!


A revista estará nas bancas a partir de AMANHÃ !!! Garanta a sua !!!!!!!!!!

 Para o ator e produtor Cleto Baccic (41), viajar a Nova York é diversão tão garantida quanto levar uma criança a uma loja de brinquedos. Nome já consagrado no circuito dos musicais, o carismático pernambucano nascido em Garanhuns preenche seus dias na metrópole com uma verdadeira maratona para assistir a maior quantidade possível de espetáculos da Broadway. A estada mais recente, porém, incluiu providencial pausa. “Meu ritmo em São Paulo é bem puxado e, apesar de querer ver de tudo em Nova York, eu estava precisando desacelerar um pouco. Aqui, recobrei as energias”, conta ele sobre a visita ao Castelo de CARAS, em Tarrytown, a cerca de 40 minutos da Big Apple.

Em cartaz na capital paulista com a versão brasileira de Mamma Mia!, produção que desde a estreia, em Londres, há 12 anos já arrecadou mais de 2 bilhões de dólares e foi vista por 42 milhões de pessoas no mundo, Cleto celebra o crescimento dos musicais no País. “O gênero caiu no gosto do brasileiro. Há opções para crianças e adultos, o mercado está aquecido e para nós, atores, este espaço é valioso”, avalia ele, que iniciou a carreira no teatro encenando Shakespeare (1564-1616), Tom Stoppard (74) e Fassbinder (1945-1982) e brilhou também como o gato Rum Tum Tugger, em Cats, que antecedeu Mamma Mia! no Teatro Abril.

– Na sua opinião, qual é o segredo do sucesso dos musicais?

– A maioria deles tem uma proposta leve, divertida e ao mesmo tempo traz conteúdo. De uns 15 anos para cá, houve uma retomada do gênero. Empresas voltaram a investir, produtores brasileiros compraram direitos de peças bacanas, teatros foram reformados para oferecer uma estrutura mais adequada. Acho que o brasileiro tinha curiosidade, mas não sabia muito bem do que se tratava. Sou agradecido pelo universo nos mandar essa oportunidade agora, porque quando era mais jovem, queria trabalhar nesta área, mas não tinha como. Ou você morria de fome ou fazia outra coisa. Eu fui ser comissário de bordo, porque não dá para morrer de fome! (risos)

– Mamma Mia! é sucesso em palcos no mundo todo e também no cinema, com Meryl Streep, Pierce Brosnan e Colin Firth, que fez o mesmo papel que você. Como lidou com a pressão?

– Fazer um musical já conhecido é recompensador, mas, claro, existe uma cobrança. Na fase de escolha de elenco, você passa por uma banca examinadora de estrangeiros super criteriosos e pensa: ‘Será que eu seguro a onda?’ Invariavelmente, alguns críticos vão tentar comparar o seu trabalho com o do ator que fez o mesmo papel no cinema, mas são produtos diferentes.

– O espetáculo estreou em novembro de 2010 e fica em cartaz até o fim do ano. Você ainda sente aquele friozinho na barriga?

– Temporada longa traz o risco de ‘cair no automático.’ Por isso, a mão firme do nosso diretor residente Floriano Nogueira é tão importante. Ele mantém o espetáculo ‘vivo’, cobra o elenco, exige ‘limpeza’ de coreografia, ‘intenção’ de personagem. O crescimento dos atores é diário, o friozinho na barriga também…

– Como você se prepara?

– Chego no teatro uma hora e meia antes, gosto de repassar as falas e tentar imprimir outra sonoridade ao personagem. Há ainda o tempo da caracterização e a concentração. São seis apresentações por semana… Me preparo com aulas de dança, musculação e canto.

– Você ainda é sócio de uma agência de artistas…

– O Atelier de Cultura é como uma butique de artistas na qual desenvolvemos o gerenciamento de carreira. Temos atores, músicos, maestros, diretores cênicos… Mas não somos um grupo de teatro, cada um tem seus projetos. No fundo, o artista é como um comércio: se abro as portas da lojinha mas ninguém sabe, como espero que cheguem até mim? As redes sociais são ferramentas que estão aí para ajudar, e muito, na nossa divulgação. O contato com os fãs é fundamental.

– Das peças que assistiu em Nova York, o que destacaria?

– Pergunta difícil! Fiquei extasiado com The Book of Mormon, que ganhou nove prêmios Tony, inclusive o de Melhor Musical em 2011. How To Succeed In Business Without Really Trying também me surpreendeu, sobretudo pela interpretação do Daniel Radcliffe. The Addams Family, que sucederá Mamma Mia! no Teatro Abril, e o comovente Billy Elliot também são espetáculos obrigatórios.

Cleto Baccic e Nani Venâncio – Revista CARAS


Esta semana, saiu uma nota sobre a participação de Cleto Baccic no programa A Tarde é Show. Confira foto do ator com a apresentadora Nani Venâncio na revista CARAS!

Shopping Vila Olímpia – Promoção Mamma Mia!


O Shopping Vila Olímpia realiza uma promoção com foco no Dia dos Namorados que distribuirá CDs e pares de ingressos para o musical Mama Mia!. A apresentação será realizada no dia 29 de junho, no Teatro Abril, em São Paulo, com exclusividade para os ganhadores da promoção. Para concorrer a um dos 700 kits, os consumidores deverão realizar compras de R$ 300,00 nas lojas participantes. O shopping usará ainda seu perfil no Twitter para dar informações sobre a ação promocional, desenvolvida pela agência M&C Saatchi FQ.

30 Anos de Musical CATS !!!


O Fã Blog Oficial Cleto Baccic comemora com vocês os 30 anos do musical CATS, trazendo uma seção EXCLUSIVA, contendo joguinhos, avatars pra Facebook, wallpapers, etc. Por coincidência, o Fã Blog atingiu a meta dos 40.000 acessos no mesmo dia, tornando assim uma comemoração em dose dupla !!!

– Clique na imagem para acessar a área de Interatividade, ou acesse pelo menu Fan Area > Interatividade > Comemoração 30 anos Musical Cats

Revista CARAS – Festa Paulistana


Neste semana na revista CARAS, uma nota foi divulgada do ator e cantor Cleto Baccic, junto a Lissah Martins e Saulo Vasconcelos, em festa na capital de São Paulo, confira:

Programa Pé Na Porta – Cleto Baccic


O ator Cleto Baccic foi entrevistado pelo programa da show livre, Pé Na Porta, a matéria já está no ar, e você pode conferir clicando na imagem acima!